quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Portal O Tempo firma parceria com Waze e traz mapa em tempo real

Boa notícia para os mineiros!!


Em busca de melhores serviços, portal agrega o mapa do Waze ao seu canal de trânsito;

Image

Veja descrição da notícia abaixo:

PORTAL O TEMPO

O Portal O Tempo continua buscando os melhores serviços para você. E, a partir desta terça-feira (27), firmamos parceria com o Waze, uma importante rede social especializada no tráfego de trânsito das principais cidades do mundo.

A partir de agora, antes de pegar o carro, entre em nossocanal de trânsito e saiba como está o tráfego no caminho que você irá fazer, com relatos de milhares de motoristas em tempo real.

O Portal O Tempo continua com as câmeras da BHTrans, para que você possa ver a situação do trânsito nos principais corredores de Belo Horizonte.

domingo, 25 de janeiro de 2015

Americana estica o pescoço e é considerada mulher-girafa

Sydney não tem planos de parar com sua obsessão
Sydney não tem planos de parar com sua obsessão Foto: reprodução Facebook
EXTRA
Tamanho do texto A A A
A maioria das mulheres querem ter seios maiores, cinturas mais finas, mas Sidney Smith sonha em ter um pescoço mais longo. A americana, de 29 anos, tem obsessão por tribos birmanesas - nas quais as mulheres usam aneis no pescoço para deixá-los mais compridos - e esticou o seu, atualmente com 12cm, usando um colar de metal.
Sydney começou a colocar os aneis em 2011
Sydney começou a colocar os aneis em 2011 Foto: reprodução Facebook
A morena, que vive em Los Angeles, gastou mil dólares na criação de um anel de bronze para alongar o pescoço, na esperança de ser como as mulheres Pandaung da tribo Kayan birmanês. Desde 2011, ela faz uso desse inusitado acessório.
A moça tem 29 anos e pretende alongar ainda mais o pescoço
A moça tem 29 anos e pretende alongar ainda mais o pescoço Foto: reprodução Facebook
Até agora, ela conseguiu esticar o pescoço para 12cm de comprimento, e está esperando para esticá-lo por mais três polegadas (cerca de 7,6cm), adicionando mais nove anéis para seu colar.
Não é novidade que fica muito quente e suado sob as bobinas de bronze, e Sydney - que remove apenas o colar de duas vezes por ano - explicou que limpa com lenços umidecidos. Apesar das advertências de saúde de seu médico, Sydney insiste que não tem planos de parar esta obsessão.
Em sua página do Facebook, Sydney postou foto de uma mulher Pandaung que seria sua inspiração
Em sua página do Facebook, Sydney postou foto de uma mulher Pandaung que seria sua inspiração Foto: reprodução Facebook
Ela já foi alertada de que isso faz mal a saúde
Ela já foi alertada de que isso faz mal a saúde Foto: reprodução

domingo, 18 de janeiro de 2015

Alemã ganha o título de ‘maiores seios do mundo’


JE - Beshine tem os maiores seios do mundo com silicone
JE - Beshine tem os maiores seios do mundo com silicone Foto: reprodução de internet
Expresso
Tamanho do texto A A A
Que as mulheres andam aumentando o tamanho dos seios, há muito tempo todo mundo sabe. Mas a modelo alemã Beshine, de 31 anos, levou sua vontade de ter peitos grandes ao extremo. Ela colocou quase 10 litros de silicone em cada seio e se tornou a maior peituda do planeta.
A loura, que na verdade se chama Mayra Hills, tem mais de 126 mil fãs no Twitter, e ganha a vida como atriz pornô. Beshine, que já tinha os maiores implantes de silicone da Europa, resolveu, em 2011, aumentar os melões para ganhar o título mundial. Em janeiro do ano passado, os seios de Beshine pesavam, juntos, mais de 20kg.
Para conseguir sustentar tanta abundância, ela faz exercícios para fortalecer os músculos do tronco.
A loura, que tem cerca de 1,68m de altura, disse ao site Motley News que os peitões só dão alegria, e garantiu que não sente incômodos por causa deles. Só não consegue dormir de bruços (claro!) e sofre para encontrar sutiãs.
— É sempre uma aventura estar em público com esses peitos grandes — disse.
E para completar o visual, ela ainda aplicou silicone nos lábios pra deixá-los carnudos.


domingo, 4 de janeiro de 2015

Homem com dois pênis lança biografia para falar convivência com condição rara


Capa do livro escrito pelo anônimo com dois pênis Foto: Reprodução / Aamazon
Extra
Tamanho do texto A A A
Um homem que nasceu com dois pênis lançou uma biografia para falar sobre a sua convivência com a condição rara, chamada difalia. Ele, que prefere manter a identidade em sigilo, ficou “famoso” há um ano, quando revelou através do site Reddit, que tinha os dois órgãos - ambos funcionais -, e despertou a atenção da imprensa internacional, dando inúmeras entrevistas desde então. O rapaz, que é bissexual e diz já ter transado com mais de mil pessoas - entre homens e mulheres -, decidiu revelar mais detalhes de sua vida sexual no livro “Double Header: My Life with Two Penises” (“Cabeçalho duplo: minha vida com dois pênis”, em tradução literal).
Ao site Rolling Stones, o autor anônimo esclareceu porque quis publicar a obra. “Antes (de revelar sobre a condição), ninguém ligava para o que eu tinha a dizer”, ele conta. “Me impressiona que após um ano as pessoas ainda me procurem (através do site Reddit). Então, eu pensei que deveria escrever um livro e responder as perguntas delas”.
O rapaz conta na autobiografia como foi sua infância com a condição, como foi sua primeira vez e sua “série de aventuras sexuais após o Ensino Médio”. Além disso, ele fala sobre seu processo de autoaceitação com a disposição física rara.
Sem querer fama e dinheiro, o homem revelou que todo o lucro do livro vai para o seu editor. E afirma que não tem pretensão de revelar sua identidade. “Se o Super-homem revelasse ao mundo que era Clark Kent, ele nunca seria deixado em paz. Se eu fosse a público, me tornaria o ‘homem com dois pênis’ e não eu mesmo”.
O livro, em inglês, já pode ser comprado através de lojas online.