segunda-feira, 3 de março de 2014

Usada como prostituta, fêmea de orangotango é salva na Indonésia


O antes e depois de Pony, escrava sexual na Indonésia
O antes e depois de Pony, escrava sexual na Indonésia Foto: Reprodução / “Jornal de Notícias”

Escrava sexual, uma orangotango fêmea foi salva pela Associação Protetora dos Orangotangos, na vila de Borneo Apes na Indonésia. Pony foi encontrada com o pelo raspado e cheia de picadas de mosquito, numa casa de saliência. Maltratada, ela estava presa por uma corrente de aço a uma parede e deitada num colchão todo manchado. Segundo o "Jornal de Notícias", Pony era a preferida dos homens que frequentavam o local, em busca de sexo.
Há um ano, a associação tentava resgatar a fêmea. Considerada a “galinha dos ovos de ouro”, ela tinha segurança forte. Sempre que alguém tentava salvá-la, sofria ameaças com armas.
A associação conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para pedir ajuda a 35 policiais e contratar homens armados com fuzil Ak 47, para, enfim, convencerem a “dona” de Pony e os homens da vila a deixarem a orangotango ir embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário