terça-feira, 13 de agosto de 2013

Cinco passageiros de táxi de premier norueguês foram contratados

Partido do político garantiu que atores não sabiam que Jens Stoltenberg dirigia o carro.

RIO - A curiosa experiência do primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, de dirigir um táxi sem que os passageiros soubessem que ele era o motorista é em parte uma montagem. A chefe da assessoria do premier, Pia Gulbrandsen, admitiu nesta terça-feira que cinco das 14 pessoas que entraram no carro do político foram pagas por uma agência de publicidade. No entanto, Pia garante que os atores não sabiam que iriam encontrar Stoltenberg.

Os participantes contratados receberam € 64 cada um para integrar a experiência. Segundo o partido do premier, a ação foi necessária para garantir que uma participação mínima para as filmagens.
Usando uniforme de motorista e óculos escuros, Stoltenberg conduziu passageiros pelas ruas da capital da Noruega por diversas horas, confirmando sua identidade apenas depois que os passageiros o reconheciam. A ação, criada por uma agência de publicidade como parte da campanha de Stoltenberg para a reeleição, foi filmada com câmeras escondidas, segundo seu partido.
O premier disse à mídia que queria ouvir a opinião sincera dos eleitores sobre política. Desacostumado a dirigir, ele parou o carro bruscamente diversas vezes, fazendo passageiros reclamarem ou brincarem com a falta de habilidade do motorista.
- Acho que vou sobreviver - brincou um cliente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário